terça-feira, 27 de maio de 2008

Oferecer o que sou...

Hoje, na hora do almoço eu estava conversando com uma amiga que me falou do namorado lá dela que tá passando por umas de depressão e não tá bem. Acaba afastando as pessoas, ou melhor, não compartilha com as pessoas seu sofrimento... e o cara queria afasta-la, colocou na cabeça dele que não tinha nada de bom para oferecer a ela... e que ela não merecia alguem que não está bem ao lado dela.

Mas aí pensei uma coisa, e acho que a fome me inspirou um pouco, mas me veio algo no meu coração muito profundo:

"Muitas vezes nos preocupamos com o que temos a oferecer ao outro...

Quando simplesmente o outro está interessado apenas no que sou!"

No mundo em que vivemos hoje, sei que é muito comum a necessidade de consumo, a correria para "ter", de "comprar", de "alcançar" com a finalidade de se enquadrar no que vivemos. E isso tem tirado um valor muito importante de nossos dia-a-dia.

As pessoas se interessam pelo que podemos oferecer... o que temos, o que lhe interessa e perdem o prazer de se relacionar com alguem pela simplicidade do que a pessoa é.

E eu sei que com Deus não é nenhum pouco diferente. Muitas vezes nos envergonhamos por não ter conseguido "juntar" tudo aquilo que nós queremos oferecer a Ele. Mas esquecemos que Ele não se interessa pelo que temos... nenhum pouco.

Ele se interessa pelo que somos... pelo que o nosso coração é!

Se eu tivesse que entregar algo a Ele, no caso pagar minha divida com Ele... mais nem em um financiamento eterno eu conseguiria pagar um décimo de uma única parcela.

E sei que não devo me preocupar com essa dívida, pois Deus não mandou para protesto, nem pro SPC ou Serasa, ao contrário... Ele mesmo a quitou, com o unico objetivo de não haver nenhum tipo de restrição entre eu e Ele... E que eu possa desfrutar de uma intimidade com Ele, sabe?

Algumas vezes é osso de aceitar isso... pq mew, eu faço coisas horroroooosas... e Deus simplesmente toma tudo isso pra Ele, como se Ele é quem tivesse errado! To be mad cara!

Mas é a realidade...

Em seu amor tão incondicional, Deus toma pra si mesmo os meus erros e me livra de qualquer culpa, condeção ou julgamento. Fazendo com que o caminho pra chegar até Ele esteja sempre livre! :D

Nenhum comentário: