domingo, 7 de setembro de 2008

Eeee carvalhão!

"Como pode o jovem
manter pura a sua conduta?
VIVENDO DE ACORDO COM A TUA PALAVRA!"
(Salmos 119:9)


Em uma cidadezinha lá do interior, tinha um CARVALHO bem bonitão e grandão lá... Ele era alto, suas folhas verdes (sim, o carvalho é uma árvore e não um cara hahaha), o povo daquele lugar passavam altas tardes em sua sombra, tiravam fotos com a aquele carvalho e tal e toda a cidade tinha orgulho de ter aquele carvalhão, que chamava a atenção e servia tanta gente. Mas um dia teve uma tempestade e o carvalho... caiu.


Depois da tempestade, viram que por dentro o carvalhão estava podríssimo... todo deteriorado. As pessoas acreditavam fielmente que a árvore era saudável porque sua aparência externa transmitia pleno vigor com suas belas folhas verdes.


Mas a verdade é que a árvore estava doente e deteriorada por dentro. Aí os ventos da tempestade rapidinho derrubou a árvore que não era tão segura quanto parecia.


Mas toda essa deterioração começou com uma pequena corrupção no seu interior que acabou espalhando até que a árvore estava completamente debilitada por dentro.


Muitas vezes nos "maquiamos" com os rituais, a religiosidade e com tudo o que é externo, mas na verdade estamos fazendo um papel de um pavão... Por fora todo bonito, espalhafatoso as vezes mas que por dentro precisa é de cura, de remédio, de restauração.


Tenho dado uma bela analisada na minha vida, em tudo o que eu faço e procurado perceber onde tem essa maquiagem... onde o meu interior tem sido diferente do que tenho experimentado por dentro.


PS: Já removi umas maquiagens de religiosidade aqui, de falsidade ali... mas claro, tudo diante da presença de Papi... é Ele quem tem me levado a reconhecer meus erros (claaaro) e mudar de direção.

Nenhum comentário: